Um homem precisa viajar. Por sua conta e pelo seu planejamento, não por meio de histórias,imagens, livros ou TV. Precisa viajar por sí, com seus olhos e pés, com seus recursos para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogãncia que nos faz ver o mundo como imaginamos, e não simplesmente como é ou como pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos e, simplesmente, ir ver! AMYR KLINK

quarta-feira, 2 de março de 2016

Viagem a Aguas Calientes e Santiago de Chiquitos - Bolivia

Integrantes da viagem:
Jorge "Jacaré" - HD customizada 1600 cc;
Victor - Suzuki Bandit 650 cc;
Tierre - BMW F 800 GS;
Fomos um dia antes para fronteira fazer a documentação necessária, pois a burocracia boliviana é demasiadamente estressante.
Passo a passo:
  1. Pedir permissão para deixar o BRASIL na PF (Policia Federal) que fica na fronteira entre BRASIL e BOLÍVIA;
  2. Levar a permissão da PF para fazer a migração pessoal, importante nesse permisso de entrada da BOLÍVIA, é assinatura do atendente atrás do papel, vai ser pedido esta assinatura na hora de fazer o permisso da moto, converse bastante com atendente explique sua viagem, etc.....;
  3. Pegar seu permisso pessoal e documentação da moto e se dirigir até um contêiner do outro lado da rua para fazer a documentação de entrada da moto;
  4. Por último ir até a cidade de Puerto Suárez para fazer a Orden de Translado do veiculo na sede da Policia de Transito localizada na rua Antofagasta coordenadas geográficas WGS 84 (18°58'13" S -  57°47'55" W), não é obrigatório pagar, mas vão cobrar R$ 25,00, é mole..........
Isso tudo tem demorado umas 4 a 5 horas........ então é melhor se programar antes, chegar na cidade de Corumbá, hospedar-se, aliviar equipamento, fazer todo o tramite aduaneiro e retornar para a cidade de Corumbá, comer um bom peixe, caldo de piranha e saía cedo no outro dia.
Não espere simpatia na fronteira...... se tiver ok. Leve dinheiro trocado "Peso Boliviano" nos bolsos, para dar um regalo a policia, caso venha a ser parado e tenha alguma dificuldade. Nessa viagem não tivemos problema algum com a Policia. 
Quanto ao abastecimento você pode pagar R$ 3,00 o litro da gasolina quando pegar a Ruta Nacional 4, no 1º Posto de Gasolina coordenadas geográficas WGS 84 (19°01'04" S - 57°43'11.03" W); 
e na cidade de El Carmen, que fica a 111 Km da cidade de CORUMBÁ/MS, tem um Posto de Gasolina que pode abastecer pelo o preço da bomba $ 3,74 bolivianos + ou - R$ 1.74, localização do Posto, coordenadas geográficas WGS 84 (18°49'42" S -  58°36'32" W).
Fomos a Águas Calientes localizado nas coordenadas geográficas WGS 84 (18°27'4.28"S -  59°30'15.98"W) não tem nada de mais, um córrego de água quente cristalina e não tem quase nada de estrutura. 
SANTIAGO DE CHIQUITOS localizado nas coordenadas geográficas WGS 84 (18°20'22.25"S - 59°35'37.51"W).
Algo mais sobre SANTIAGO DE CHIQUITOS link:
http://www.boliviaturismo.com.bo/santiago-de-chiquitos.php
O resto é viajar e aproveitar........ bons ventos a todos!!!





Águas Calientes
Águas Calientes
Águas Calientes

















































Sem lugar para dormir..........kkkkkkkkkkkkkkkk
Victor cuidando do Jaca............kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk



Gasolina no galão

























9 comentários:

  1. Demais meu irmão, obrigado por compartilhar.

    ResponderExcluir
  2. Caramba Foster, muito massa meu irmão, parabéns pra toda galera pela aventura e por compartilharem a experiência, Sellllva!

    ResponderExcluir
  3. Show irmão... bom demais ver vc rodando. E a moto? O que tem para nos dizer sobre a máquina. Abço irmão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blz mano! A moto é muito boa. Agora estarei realizando uma viagem no Brasil

      Excluir
  4. Encontrei esse camarada no engenho em Alagoas a caminho de Maragogi...boa viagem caro motociclista.
    By ericka

    ResponderExcluir